Evidência de validade da Escala de Literacia em Saúde e eHEALS para idosos

Autores

Palavras-chave:

Literacia em saúde. Promoção da saúde. Idosos. Saúde digital. Validade.

Resumo

O presente artigo busca apresentar evidências de validade de dois instrumentos, Literacia em Saúde e  Literacia Digital em Saúde para utilização em idosos e  avaliar suas propriedades psicométricas, por meio de  um estudo com método descritivo, quantitativo e  transversal, realizado com 379 participantes idosos,  que responderam aos questionários: a)  sociodemográfico, b) Escala de Literacia em Saúde e  c) electronic Health Literacy Scale (eHEALS). Foram  realizadas análises fatoriais exploratória e  confirmatória, com validade convergente dos fatores  que foram estimadas por meio da Variância Média  Extraída e Confiabilidade Composta, tendo como  resultados a apresentação dos instrumentos com  cargas fatoriais adequadas (> 0.4), além de  confiabilidade adequada (> 0.7). A validade externa  testada pela correlação entre os dois instrumentos  apresentou correlação estatisticamente significante,  positiva e moderada (r= 0.35; p< 0.001), indicando  evidências de validade e consistência na Escala de  Literacia em Saúde para uso em idosos, e atestando  ao instrumento eHEALS confiabilidade adequada e  válida para o público idoso brasileiro.

Publicado

2023-06-01

Como Citar

1.
Oliveira LP de, Souza RCB, Barros JK de, Moura GM de, Yamaguchi MU. Evidência de validade da Escala de Literacia em Saúde e eHEALS para idosos. Saúde debate [Internet]. 1º de junho de 2023 [citado 19º de junho de 2024];46(especial 6 dez):135-47. Disponível em: https://www.saudeemdebate.org.br/sed/article/view/6892