Narrativas em saúde socioambiental: potencialidades na formação em saúde

Autores

  • Rafaela Rodrigues Silva Universidade Federal de São Paulo (Unifesp) https://orcid.org/0000-0003-3364-8236
  • Jeffer Castelo Branco Universidade Federal de São Paulo (Unifesp) https://orcid.org/0000-0003-1479-3745
  • Silvia Maria Tagé Thomaz Universidade Federal de São Paulo (Unifesp)
  • Nildo Alves Batista Universidade Federal de São Paulo (Unifesp)
  • Sylvia Helena Souza da Silva Batista Universidade Federal de São Paulo (Unifesp) https://orcid.org/0000-0002-5161-1886

Palavras-chave:

Impacto ambiental. Educação interprofissional. Aprendizado ativo.

Resumo

O presente trabalho visa a discutir as potencialidades do uso de narrativas e diários de campo para e na  formação em saúde, no módulo de Encontros e  Produção de Narrativas, do Eixo Trabalho em Saúde,  que compõe o itinerário curricular dos Cursos de  Saúde do Instituto Saúde e Sociedade do Campus Baixada Santista, da Universidade Federal de São  Paulo. Utilizou-se a análise de discurso como  instrumento de análise de diários de campo e  narrativas produzidos em 2017 e 2019. No conjunto  dos enunciados, é possível apreender mudanças  graduais, promovidas pelos encontros narrativos  articulados com conteúdos de saúde socioambiental  introduzidos no módulo. O discurso nos diários e na  narrativa é permeado de brechas polissêmicas,  trazendo novos significados do aprendizado. Assim,  apreendem-se movimentos de deslocamento do lugar comum, da reprodução do que está posto hegemonicamente, assumindo perspectivas  comprometidas com a garantia de direitos, incluindo  o direito à saúde, articulando a concepção ampliada  do processo saúde-doença e sua relação com a  questão socioambiental.

Publicado

2023-06-17

Como Citar

1.
Silva RR, Branco JC, Thomaz SMT, Batista NA, Batista SHS da S. Narrativas em saúde socioambiental: potencialidades na formação em saúde. Saúde debate [Internet]. 17º de junho de 2023 [citado 25º de abril de 2024];46(134 jul-set):750-6. Disponível em: https://www.saudeemdebate.org.br/sed/article/view/6974

Edição

Seção

Artigo Original