Acidente de Trabalho com Exposição a Material Biológico: percepções dos residentes de medicina

Autores

Palavras-chave:

Acidentes de trabalho. Residência médica. Estresse profissional. Exposição ocupacional. Saúde do trabalhador.

Resumo

Trata-se de um estudo de abordagem qualitativa, realizado em um complexo hospitalar universitário,  com o objetivo de descrever as percepções dos  residentes de medicina que sofreram um Acidente de  Trabalho com Exposição a Material Biológico quanto  aos fatores pessoais, institucionais e sociais  associados à ocorrência do acidente. As informações  foram coletadas por meio das fichas de notificação  dos acidentes e de entrevistas com uma questão  aberta norteadora. Foi utilizada a análise de conteúdo de Bardin e o fechamento amostral por saturação.  Foram entrevistados vinte e um residentes de  medicina e identificados dois eixos temáticos:  condições de trabalho e estado emocional do  residente médico. Os resultados revelaram que a  sobrecarga de trabalho, o acúmulo de atividades, a  equipe de saúde reduzida, a ausência de supervisão  por um preceptor médico e a imperícia do  profissional contribuíram para ocorrência do acidente. Além disso, foram relatados fatores como  cansaço, fadiga, privação do sono, desatenção e, sobretudo,  estresse emocional. São poucos os estudos sobre o  tema, porém, as percepções dos residentes médicos  evidenciaram um cenário em que o processo de  trabalho interfere no bem-estar físico e psíquico dos  profissionais, contribuindo para a ocorrência dos  acidentes.

Downloads

Publicado

2023-06-20

Como Citar

1.
Frison FS, Alonzo HGA. Acidente de Trabalho com Exposição a Material Biológico: percepções dos residentes de medicina. Saúde debate [Internet]. 20º de junho de 2023 [citado 25º de abril de 2024];46(134 jul-set):832-41. Disponível em: https://www.saudeemdebate.org.br/sed/article/view/6997

Edição

Seção

Artigo Original