Estrutura e responsividade: a Atenção Primária à Saúde está preparada para o enfrentamento da Covid-19?

Autores

Palavras-chave:

Covid-19. Atenção Primária à Saúde. Estrutura de serviços. Estudo de avaliação. Pesquisa de serviços de saúde.

Resumo

A pandemia de Covid-19 reforçou a necessidade de esforços globais para garantir cobertura e acesso universal à saúde, impondo desafios na gestão da  Atenção Primária à Saúde (APS). Este estudo objetivou desenvolver e aplicar um instrumento de avaliação da  responsividade das Unidades Básicas de Saúde (UBS)  diante da Covid-19, baseado na coprodução entre  pesquisadores universitários e equipes técnicas da  APS. O instrumento, dividido em dois módulos, incluiu identificação; horário de funcionamento; processo de trabalho; estrutura física, equipamentos, mobiliário,  suprimentos e Equipamentos de Proteção Individual  (EPI); atendimento, exames e acompanhamento de  Usuários Sintomáticos Respiratórios (USR); vigilância,  integração, comunicação e gestão. Todas as 165 UBS  foram convidadas a completar o instrumento.  Principais resultados: houve readequação da estrutura física (salas de espera, espaços internos/externos);  fornecimento de EPI e de testes Covid-19, busca ativa  de USR/suspeitos Covid-19 por telefone/visitas  domiciliares, monitoramento de fluxos de  transferência de pacientes e telessaúde. Concluindo,  as UBS reorganizaram seus serviços para atender  necessidades da pandemia. Fornecer informações  sobre estrutura e capacidade de resposta das UBS  pode subsidiar sistemas de saúde para planejamento  e tomada de decisões, em diferentes níveis de gestão, crucial para determinar estratégias para reforçar a  responsividade da APS em situações de pandemias e  outras calamidades.

Publicado

2023-06-17

Como Citar

1.
Furlanetto D de LC, Santos WD, Scherer MD dos A, Cavalcante FV, Oliveira A, Oliveira KHD de, Santos RR dos, Leite TA, Poças KC, Santos LMP. Estrutura e responsividade: a Atenção Primária à Saúde está preparada para o enfrentamento da Covid-19?. Saúde debate [Internet]. 17º de junho de 2023 [citado 27º de fevereiro de 2024];46(134 jul-set):630-47. Disponível em: https://www.saudeemdebate.org.br/sed/article/view/7012

Edição

Seção

Artigo Original