Sindemia: tautologia e dicotomia em um novo-velho conceito

Autores

Palavras-chave:

Covid-19. Processo saúde-doença. Pandemias. Sindemia.

Resumo

No bojo da mais grave pandemia em décadas, o termo ‘sindemia’ ressurgiu como uma alternativa para melhor denominar o caráter assumido pela Covid-19. Os autores que defendem esse conceito argumentam  que ele confere maior amplitude analítica, o que  permite apreender as interações sinérgicas entre  doenças e as suas origens sociais. O objetivo deste  ensaio consistiu em analisar esse conceito à luz do  materialismo histórico-dialético. Para tal, dialoga-se,  sobremodo, com a corrente da saúde coletiva que se  desenvolveu sob influência do marxismo. Assim, a  categoria determinação social do processo saúde-doença é chamada ao debate quando se revela a sua  maior amplitude ante o conceito de sindemia. Constatou-se que o conceito ora em análise é  tautológico e reproduz velhas dicotomias do modelo  biomédico, mesmo querendo criticá-lo.

Publicado

2023-06-20

Como Citar

1.
Souza D de O. Sindemia: tautologia e dicotomia em um novo-velho conceito. Saúde debate [Internet]. 20º de junho de 2023 [citado 25º de abril de 2024];46(134 jul-set):877-85. Disponível em: https://www.saudeemdebate.org.br/sed/article/view/7134