Determinantes Sociais da Saúde dentro e fora de casa: captura de uma nova abordagem

Autores

Palavras-chave:

Determinantes Sociais da Saúde, Políticas públicas, Território sociocultural, Promoção da saúde

Resumo

Este artigo teve como objetivo compreender os Determinantes Sociais da Saúde (DSS), em área
periférica de uma capital brasileira, sob a perspectiva de atores sociais e políticos da região. Baseou-se na abordagem qualitativa, com 45 participantes, entre trabalhadores do setor saúde; de sede administrativa regional; vereadores, líderes religiosos e representantes de entidades organizadas do Grande Bom Jardim, Fortaleza (CE). Utilizou-se de análise documental, de grupo focal e de entrevista semiestruturada. Realizou-se análise de conteúdo, englobando as categorias dos DSS e os temas gerais ‘dentro e fora de casa’, analisados com base nas representações sociais. As mudanças positivas se evidenciaram no tema ‘dentro das casas’ dos moradores: alimentação, melhorias advindas de benefícios da política de assistência social, aumento do abastecimento de água e de energia elétrica. No tema ‘fora das casas’, a influência negativa na saúde destacou-se com baixo índice de cobertura de saneamento básico, insuficiência na oferta de transporte público e insegurança. Propõe-se a inclusão de temas sobre segurança, energia elétrica, mobilidade urbana, assistência social e saneamento básico para subsidiar novos estudos sobre determinação social e elaboração de medidas que contribuam para a promoção da saúde e equidade social nos territórios urbanos.

 

 

Downloads

Publicado

2024-04-03

Como Citar

1.
Gomes Ribeiro K, Monteiro de Andrade LO, de Holanda Cunha Barreto IC, Pires Raquel S, Leonor Munoz T, Cardoso dos Santos Neto F. Determinantes Sociais da Saúde dentro e fora de casa: captura de uma nova abordagem. Saúde debate [Internet]. 3º de abril de 2024 [citado 19º de junho de 2024];48(140): e8590. Disponível em: https://www.saudeemdebate.org.br/sed/article/view/8590

Edição

Seção

Artigo Original